10/02/2015

Dicas para economia de água em condomínios

Cleiber-Fernandes-dos-Santos2

Em tempos de crise hídrica no estado de São Paulo, é necessário que cada condomínio faça sua parte para economizar água, além, é claro, de cada cidadão.

Pensando nisso, o SECOVI-SP tem promovido várias ações com o objetivo de conscientizar síndicos e profissionais que atuam na gestão, seguem abaixo:

No banheiro

Mantenha a torneira fechada enquanto escova os dentes e/ou faz a barba. Assim, você economiza 79 litros. Não aperte a descarga toda hora, pois cada acionamento de 6 segundos gasta de 10 a 14 litros de água. Com banhos de, no máximo, 5 minutos, com registro fechado ao se ensaboar, a economia é de 162 litros.

Na cozinha e na lavandeira

Ensaboe a louça com a torneira fechada e economize 223 litros. Ao lavar roupas no tanque, mantenha a torneira fechada enquanto ensaboa e esfrega as peças, pois a cada 15 minutos aberta, o gasto de água é de 270 litros. Utilize as máquinas de lavar louças e de roupas somente na capacidade total.

No quintal ou no jardim

Regue as plantas com um regador ou mangueira com esguicho-revólver, pela manhã ou à noite, para evitar a evaporação. A economia é de 96 litros. Use a vassoura para varrer a calçada, não a mangueira, pois o desperdício chega a 279 litros a cada 15 minutos.

Na piscina e na garagem

Coloque cobertura na piscina e reduza a evaporação em até 90%, chegando a 378,5 litros de evaporação de água por mês. Lave o carro somente uma vez por mês e com balde. Nesse caso, o consumo cai 560 litros para apenas 40 litros.

Atenção aos vazamentos

Para detectar um vazamento, feche o registro do cavalete e abra uma torneira alimentada diretamente pela rede da concessionária. Espere até a água parar de correr; coloque um copo cheio de água na boca da torneira e, se houver sucção da água do copo pela torneira, é sinal que existe vazamento no cano alimentado diretamente pela rede.

Outra maneira é, com todas as torneiras fechadas e sem utilizar os sanitários, feche completamente a torneira de boia da caixa, impedindo a entrada da água. Marque na caixa o nível da água e, após uma hora, no mínimo, verifique se ele baixou. Em caso afirmativo, há vazamentos na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa d'água.

Hidrômetros individualizados

O Secovi-SP defende o sistema de medição de água individualizada em condomínio pode reduzir em até 35% a conta de água, baixando também a conta de energia elétrica. Implantada a medição, essa fatia pode cair para 8% ou 9%. Com o hidrômetro individual, pagará mais quem mais consumir, um benefício para o condomínio.

Fonte: SECOVI-SP

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: