03/06/2016

10 fatores que valorizam um imóvel


A localização costuma ser considerada a maior razão da valorização de um imóvel. Mas ela não é única. Várias outras características pesam na hora de se determinar um valor que as pessoas estão dispostas a pagar por um imóvel. Conheça a seguir 10 fatores que são levados em conta para se valorizar um imóvel.

1. Bairro
Em geral, imóveis mais afastados do centro tendem a valer menos do que aqueles mais centrais e dotados de uma rede de serviços mais ampla. Situar-se próximo a alguma importante avenida também pesa a favor, mas não necessariamente na própria avenida, pois nela o nível de ruído costuma ser mais elevado. Isso se aplica tanto a imóveis para aluguel quanto para compra.

2. Planta do imóvel
A distribuição dos cômodos pela planta é um fator que valoriza um imóvel, sobretudo para a venda. Para aluguel, isso pesa menos. Há imóveis cuja distribuição não é adequada (por exemplo, com uma área de serviço próxima à suíte do imóvel), gerando desconfortos nos dia a dia e fazendo um imóvel perder seu apelo.
3. Documentação
Se o imóvel é destinado à venda, é fundamental que toda a papelada esteja em dia. Imóveis com problemas nas certidões, ausência de Habite-se ou de alguma outra licença, tendem a espantar os clientes, fazendo com que seu preço despenque.

4. Vista
Dentro de um mesmo edifício um imóvel pode valer muito mais que outro em virtude da beleza de sua vista. Imóveis cujas janelas dão de frente para outros prédios, sem uma vista livre, perdem atração. Também são valorizados imóveis que recebem diretamente a luz natural.

5. Manutenção
Para um imóvel ganhar valor, é preciso que seu estado geral seja impecável. Sistemas elétricos e hidráulicos, pisos e revestimentos e móveis planejados precisam estar muito bem cuidados e sem defeitos para preservar o apelo de vendas do imóvel.

6. Área de lazer
Condomínios com áreas de lazer variadas, com piscina, quadra, salão de festas, churrasqueira, academia etc., costumam ganhar valor, especialmente para famílias que têm filhos pequenos. Mas isso depende do perfil do comprador. Casais mais velhos ou executivos normalmente não dão tanta importância a estes benefícios.

7. Aparência externa
Fachadas bem cuidadas, limpas e sem pichações agregam valor ao imóvel. Por outro lado, se a aparência é de descuido, clientes podem perder o interesse pelo negócio. Ninguém gosta de ver mato alto, pinturas descascadas, manchas nas paredes etc.

8. Segurança
Imóveis em bairros perigosos e com sensação de insegurança tendem a ser evitados por compradores. Locais com alto índice de criminalidade e de roubo de carros costumam espantar clientes.

9. Transporte público
Facilidade de acesso a linhas de ônibus são valorizadas por compradores. Em alguns casos, o excesso de ônibus pode ser um fator negativo devido ao nível de ruído. Mas se o imóvel estiver a uma distância curta, isso conta a favor. Muita gente hoje não tem carro ou prefere não usá-lo. Para eles, transporte público por perto é uma ótima vantagem.

10. Rede de serviços
Proximidade a escolas, restaurantes, shoppings, redes de mercados, drogarias, academias etc. sempre são valorizadas. Se nas proximidades de um imóvel houver uma feira livre, melhor ainda (desde que ela não bloqueie diretamente a própria rua). 
(Fonte: Blog Provectum Imóveis)

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: